Domingo, 08 de Julho de 2007




Aos meus leitores informo...

Que mudei para este novo endereço,


http://haflordapele.blogspot.com/

***À flor da pele***


Bem hajam por me acompanharem todo este tempo
Espero continuar a merecer e ter a Vossa visita.

 

A cada amanhecer se revona

A vida, nesse contante renascer do acordar

do sono...



sinto-me:

publicado por Cöllyßry às 19:45
Domingo, 17 de Junho de 2007




Presente de amizade de:

* Sonhador*
* Gui*
* Ccosta*

O meu bem haja, e …
A minha oferta vai para todos que me deixam
Sempre carinhosoas palavras…


Abre o coração com magia
Á seta do “Cupido”
Mas fica atenta(o)…


Da seta do “Arqueiro”
A primeira…é beleza
A segunda…é veneno





publicado por Cöllyßry às 18:54
Quinta-feira, 24 de Maio de 2007



Meu corpo,
Tem ainda...
Em memoria,
O aroma de teu corpo
A macieza de teus dedos,
Percorrendo-me…
Ai…
Que,
Ainda arrepia...
O sabor da tua língua
Na minha boca
O suco de tua boca…
Na ponta da minha língua.




publicado por Cöllyßry às 19:11
Sábado, 12 de Maio de 2007



 

 
 
 
 
Perfume inebriante…
Que  emana...
Acariciando como  vento suave,
Em meu corpo,
Coberto apenas,
Por um pedaço de seda…
 
Tu és…
O desejo
De corpo ausente…
Almejando,
O meu ardente…
 
Há,
Se por um momento só,
Evapora-se o tempo.
E se,
Consumisse num desenfreado
Bailado de corpos...
 
 
 
 


publicado por Cöllyßry às 22:21
Sexta-feira, 04 de Maio de 2007


Tu…
Que me enredas na teia doce de prazer,
Mas…
Sempre me refrescas em gotas,
De orvalho...







O meu bem Haja

para Ti doce 
*Maria*

a Todos, o ofereço,
porque todos são perolas de encanto...



publicado por Cöllyßry às 17:23
Terça-feira, 24 de Abril de 2007

 

 

 


E nos mistérios...
 Desse mar do verbo amar,
Entrar nesses devaneios ardentes,
Estonteantes…
Fácil embarcarás,
Já desembarcar, do fascínio por ele eleito…
Das labaredas que te enredam,
No seu ardente, mas delicado…
Leito,
De coração rasgado de dor no teu peito,
De lá sairás…
Se esperares o amor alheio, para amar…
E porto? Não,
Não haverá cais,
Onde aportares…


 



publicado por Cöllyßry às 23:01
Quarta-feira, 18 de Abril de 2007


 

Neste canto, encantado
Pairo no ar,
Leve
Perfumado,
Chamo-te, incessantemente…
Teu nome faz eco
Não sei se em mim,
ao no ar que respiro,
Ou sufoco nesta
Espera de Ti…
Esvoaço, esvoaço,
Por ai…
Na magia,
Em suaves entrelaces
De paixão,
Vem…
Ainda que,
Tua voz silencie,
Tuas mãos
Suaves e macias
Que me amimam…
Com a tenuidade
E canto
Dos Anjos…






publicado por Cöllyßry às 21:02
Domingo, 08 de Abril de 2007




O ventre,
 sobre o qual te dobras
E tentas esconder
É o mesmo que doas
Em laivos de prazer,
Sempre que meus lábios
Te tocam num frenesim de paixão







publicado por Cöllyßry às 21:20
Quinta-feira, 29 de Março de 2007

 



 

Não só o olharIndiscreto faz um ano que existe
Também este espaço, onde transcrevo com transparência os meus escritos,
    

 

 

                    Em…


 

Poesia, 
palavra escrita que rompe em grito
expressa num rabisco,
a dor e saudade…
O infinito…
Descreve o amor
ausente e presente,
perpétuo e passageiro...
Todo o sentir que imana no corpo
e,
Na Alma da gente…
 

 

 

A todos Vós,
O meu Bem-Haja







publicado por Cöllyßry às 23:31
Sexta-feira, 23 de Março de 2007

 

Amanhã…
que viaja incerto,
com nuvens cinzentas no ar.
Num sussurrar que o vento leva
o lamento,
de quem gostaria sem tormentos de lá chegar…
Amanhã…
Que de luto se veste
de guerras sangrentas
absurdas,
que ferem
que dilaceram
que matam,
Amanhã…  
Ébrio de incertezas
que não chega
e quando chega…
Queríamos que não chegasse…
 
 



 


 



publicado por Cöllyßry às 18:21
Em poesia palavra escrita que rompe em grito expressa num rabisco, a dor e saudade… O infinito… Descreve o amor ausente e presente, perpétuo e passageiro... Todo o sentir que imana no corpo e, Na Alma, da gente...




mais sobre mim
arquivos
2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


as minhas fotos
Passaram: 
online:   

pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO