Segunda-feira, 09 de Outubro de 2006

Dos Céus descestes por entre Elos

Da sagrada Luz…

Dos Anjos e Arcanjos, mensageiros de Luz,

Em Teu colo minha cabeça repousei,

Sem antes primeiro, sentir Teu abraço…

Tuas sedosas mãos de afagaram

Teus lábios me beijaram,

Tua límpida melodiosa voz

Me embalava, com orgulho falado

De o ser Tua Filha,

Adorada e Excelsa MÃE minha,

Teu amor é pérola única…

És um pedaço de mim.

Sou, Tua Eterna menina

És, Eterna MÃE minha…

 



publicado por Cöllyßry às 17:58
Uma linda e terna mensagem envias a alguém...a uma grande mulher...a uma grande mãe...à tua mãe. Estremeci com este texto, pois fizeste-me lembrar a minha, e são nestes momentos que penso...que não lhe digo que a adoro o suficiente, devia dizer-lhe todos os dias...pois sei que vou perder a oprtunidade quando ela partir. Acho, que em vez de evoluir, em certos aspectos estou a regredir (desabafo). Sensibilizaste-me, e creio que a todos os que por aqui passarem, com esta mensagem eterna. mensagem

Um sopro muito......sentido
sentidos a 9 de Outubro de 2006 às 19:57

Que sopro encantado o Teu...Não é enviada, mas forma de agradecer o amor imenso sentido, partilhado,e digo,não Te esqueças de mimar e dizer o quanto amas esse Ser chamado MÃE, ainda em fisico que benção...mesmo depois o poderás fazer...sabes que Eles recebem flores?
Meu esvoaçar em torno de Ti__________________Collybry
Cöllyßry a 10 de Outubro de 2006 às 16:51

Referes-te aos que vagueiam no desconhecido??
Também é uma benção escrever aqui...

Um sopro sentido
sentidos a 10 de Outubro de 2006 às 18:46

Doce eco sentido, porque dizes os que vagueiam pelo desconhecido?? Só alguns o fazem...porque sofrem, desconhecido, de todo não o é...muito mais haveria para dizer, mas...Não é isso que buscas tambem???
Meu bem haja pela forma sempre delicada que deixas Teu eco...
Meu esvoaçar Te deixo________________Cõllybry
Cöllyßry a 11 de Outubro de 2006 às 19:46

Collybry...que blog!!!!
Ainda bem que comentaste lá no meu cantinho pois assim permitiste-me conhecer este teu mundo.
E que forma mais bonita de começar do que postar um comentario num texto teu sobre o tema...Mãe.
A mim é-me muito querido, acredita.
Espero que continues a escrever pois passarei mais vezes por cá. Tens um dom...
Bjos daqui
Eugénio
eugenio a 10 de Outubro de 2006 às 12:23

Bonita e sentida homenagem, amiga! Voltaste em grande! E essa imagem parece ter sido criada em simbiose com as tuas palavras. As plavras e a imagem são duas faces de um mesmo sentir. Está fantástico!

Gostei!

Jinhos!
sá morais a 11 de Outubro de 2006 às 05:06

muito lindo o teu texto, realmente o amor de mãe é inqualificavel:)
bjinhos e muito obrigado pelo comentario**
Mariana e Sílvia a 11 de Outubro de 2006 às 19:39

Bonita oração ulustrada por um fotografia fantástica. Um bejo amigo.
Tulipa Negra a 13 de Outubro de 2006 às 09:38

Linda, maravilhosa Collybry, tua ode a mãe está linda, e, sabendo da poeta que és, todos teus homenageados, devem orgulhar-se... Um lindo domingo...mil beijos.
jpcfilho a 15 de Outubro de 2006 às 09:43

Linda Collybry, isso é que é uma linda homenagem, a quem de fato e de direito... E só teu excelso amor, pode conceber esta linda homenagem uterina, e de luz...mil beijos.
jpcfilho a 16 de Outubro de 2006 às 09:31

MARAVILHOSO!!! Um poema! com sentimento emoção e graça adequado a tão linda palavra "MÃE" Amei o post!Beijinho.
Maria a 18 de Outubro de 2006 às 20:06

E aqui passei novamente para te deixar um jinho!

Fica bem!
sá morais a 19 de Outubro de 2006 às 04:34

Imagem magnífica!
Adorei!

beijinhos*.*
guiga a 19 de Outubro de 2006 às 09:59

Em poesia palavra escrita que rompe em grito expressa num rabisco, a dor e saudade… O infinito… Descreve o amor ausente e presente, perpétuo e passageiro... Todo o sentir que imana no corpo e, Na Alma, da gente...




mais sobre mim
arquivos
2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


as minhas fotos
Passaram: 
online:   

pesquisar neste blog
 
blogs SAPO