Quinta-feira, 29 de Março de 2007

 



 

Não só o olharIndiscreto faz um ano que existe
Também este espaço, onde transcrevo com transparência os meus escritos,
    

 

 

                    Em…


 

Poesia, 
palavra escrita que rompe em grito
expressa num rabisco,
a dor e saudade…
O infinito…
Descreve o amor
ausente e presente,
perpétuo e passageiro...
Todo o sentir que imana no corpo
e,
Na Alma da gente…
 

 

 

A todos Vós,
O meu Bem-Haja







publicado por Cöllyßry às 23:31
Como te prometi aqui estou eu a visitar o teu vitral de poemas...
Tenho que dar-te os Parabéns...não só tb pelo 1º ano deste teu blog...como tb pela tua escrita...nunca deixes de escrever estes poemas magníficos que eu adorei...
Gostei muito do blog...com imagens maravilhosas...
Vou voltar para ler teus poemas...
Beijocas e desejo-te muitas felicidades
olha_por_mim a 30 de Março de 2007 às 15:05

Minha querida grata pelas Tuas palavras tão carinhosas, quando quiseres mudar é só me dizer ok...meu endereço do MSN:
fteixeira fontes@hotmail.com

Fica bem bjca doce
Cöllyßry a 30 de Março de 2007 às 16:36

Olá amiga
Parabens pelo aniversário e por tudo que é colocado nos trabalhos.
Muito sentimento, muita alma e acima de tudo muito prazer no que faz.
Parabens e muita vida e saúde para continuar.
Beijinho,
JL
Anónimo a 30 de Março de 2007 às 18:02

Por lapso, não me identifiquei, peço desculpa
José Lessa
joselessa a 30 de Março de 2007 às 18:04

Olá, quero dar os parabens, não só pelo 1º aniversário, assim como aos lindos poemas aqui escritos e de uma maeira gerala todo o blog...Adorei.
ESpero visitar mais vezes...
Beijinhos

cintia
cintia a 30 de Março de 2007 às 22:22

Outro belo espaço teu! Alguma coisa mudou... o template?

Não deu para ver o nome da música de fundo... mui bela!

Votos de muitos outros anos, que prevejo com a mesma sensibilidade e bom gosto.


mellopaulo a 31 de Março de 2007 às 02:56

Olá Paulo, bem vindo ao meu vitral, pois mudei a imagem do cabeçalho...já era tempo...se quiseres te envio o endereço da musica ok...e grata oela visita, bjca doce
Cöllyßry a 31 de Março de 2007 às 20:18

Olá amiga Collibry :)
Muitos parabéns e espero que continues no mundo da poesia e sensibilidade.
Com a alma fiz o meu supremo canto.
Beijinhos e um sorriso :))
Maria
Maria a 31 de Março de 2007 às 20:32

Como ni todos somos tan afortunados con las palabras como usted, hago mias las palavras arriba y felicito usted por su sensibilidad poética.

©õllyß®y, ©õllyß®y , foi m vento supremo
que me fez um aceno e me trouxe aqui.
Para te dar um beijo, te exprimir o desejo
de te ter mil anos e outros mil por aqui!


Parabéns, amiga! Bom ler-te!
Mel de Carvalho a 1 de Abril de 2007 às 00:25

Olá Mel de Mel...é sempre um prazer Te ter por cá, e grata fico...pois descobri o Luso Poemas,ainda não sei mexer muito bem, queria comentar nos Teus e agradecer as boas vindas, mas não descobri como se faz, será que me podias dar uma ajudita?Agradeço muito...Meu endereço...
ftfontes@gmail.com

Bjca
Cöllyßry a 2 de Abril de 2007 às 23:50

Linda Collybry, emana da minha alma todo os sentimentos que vêm de tua poesia..Minha linda alama gêmea, e poeta...beijos
jpcfilho a 1 de Abril de 2007 às 09:51

Amiga (collybry)já coloquei o teu selo no blog,sabes gostei muito,sobre este poema é magnifico,lindo então a música maravilhosa nos faz suspirar,pois já a dançei algumas vezes,como era da praxe..lindo mesmo
parabéns pelo anito,e por outras coisas principalmente para ti obrigadooooo.
beijo amizadeeeeeeeeeee
maripossa
maripossa a 1 de Abril de 2007 às 21:19

Amiga, obrigado pela gentileza, aceito sim o endereço da música. Sucesso pra ti, cada vez mais.
mellopaulo a 1 de Abril de 2007 às 21:30

Eu ando aqui a tentar agradecer a visita que fez a um dos meus blogs, mas embora já tenha tentado fazê-lo mais que uma ocasião não consigo, ou pelo menos não dou por isso... Mais uma vez estou a tentar manifestar aqui esse meu agradecimento, com votos de santa pascoa.
aquimetem a 2 de Abril de 2007 às 16:15

Em poesia palavra escrita que rompe em grito expressa num rabisco, a dor e saudade… O infinito… Descreve o amor ausente e presente, perpétuo e passageiro... Todo o sentir que imana no corpo e, Na Alma, da gente...




mais sobre mim
arquivos
2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


as minhas fotos
Passaram: 
online:   

pesquisar neste blog
 
blogs SAPO