Terça-feira, 06 de Junho de 2006

 

Na imensidão do Teu verde olhar.
Ao som da valsa dos amantes,
Está…
Escrito em doces palavras, a
esperança, do longo caminho
percorrido, por Ti tão bem torneado.
Os desejos, “alguns deles”, o sonho tão arduamente
Sonhado, assim…
Se vai cumprindo e tornando-se realidade.
O caminho encurta, talvez…
Mas, só o tempo…esse é que não,
Rápido o é, mas bem lento se torna  
Para quem espera, como eu, e ir…
Amor,
Ao Teu encontro, pegar em Tua mão delicada e macia,
Então levar-Te,
pelo roseiral, sentindo seu aroma inebriante
E… Te
Amar,


publicado por Cöllyßry às 21:13
Pegar em tuas mãos de amor e levar-te pelas rosas, para sentir teu amor e te amar..É isso aí, mui bom...beijos.
jpcfilho a 7 de Junho de 2006 às 09:18

êta sentimento mai lindo!!!
inconfidente a 7 de Junho de 2006 às 09:34

Que belo ir de mãos dadas pelo roseiral. Obrigada pela visita ao meu blog e pelas palavras que deixaste sobre Timot. Estou como tu, estou desiludida com o futuro daquela gente
soaresesilva a 7 de Junho de 2006 às 15:52

Mas tanto amor que anda pelo ar, ups.... apanhei tambem algum, aqui por estes lados.
Beijinho grande querida amiga
TiBéu ( Isa) a 9 de Junho de 2006 às 00:00

Uff! hoje consegui cá entrar e comentar. Mas julgo que o problema é da minha firewall. Mas adiante...

Que bonito poema... Que bonitas palavras, que bonitos suspiros trazidos por esse verde olhar. Espero que esse tempo se encurte para nós presenteares com mais poemas inspirados. Fica bem, amiga!

jinhos!

Bom fim-de-semana.
sá morais a 10 de Junho de 2006 às 04:05

Em poesia palavra escrita que rompe em grito expressa num rabisco, a dor e saudade… O infinito… Descreve o amor ausente e presente, perpétuo e passageiro... Todo o sentir que imana no corpo e, Na Alma, da gente...




mais sobre mim
arquivos
2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


as minhas fotos
Passaram: 
online:   

pesquisar neste blog
 
blogs SAPO