Sábado, 27 de Janeiro de 2007

 

Despidos de atritos
Teus olhos brilham de novo
Momentos plenos felizes
Em ver,
A confiança no sorrir
Entrega absoluta, no provir
O beijo doce na madrugada
De mãos dadas no caminhar
E…
Vestidos de Luz

 



publicado por Cöllyßry às 19:59
Terça-feira, 02 de Janeiro de 2007

Na frieza da noite
Mas, com a certeza que o tempo abreviou
ao Teu encontro ir…
 
Olho as estrelas cintilantes no firmamento
com as pontas dos dedos
na vidraça humedecida do calor que de mim imana…
o rosto desenho, ondulo por Teu cabelo
Acaricio o corpo ausente.
 
Meus olhos se fecham por magia
como sonâmbula Te busco,
 
Tua presença reclamo…
Que a saudade já não tem tamanho.

 

 



publicado por Cöllyßry às 18:43
Em poesia palavra escrita que rompe em grito expressa num rabisco, a dor e saudade… O infinito… Descreve o amor ausente e presente, perpétuo e passageiro... Todo o sentir que imana no corpo e, Na Alma, da gente...




mais sobre mim
arquivos
2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


as minhas fotos
Passaram: 
online:   

pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO